Coronavírus SARS-CoV-2: nova onda de infecção em massa, é possível.

Atualizado: Abr 26

XAVIER, Josilda B.L.M. [1]



O Comitê Científico do Nordeste chama a atenção para a possibilidade de uma segunda onda da COVID-19, se as medidas de flexibilização adotada pelos governos estaduais forem exageradas e, sugere medidas de alerta em relação a visitantes vindos da Europa, por conta do aumento exponencial de casos que está acontecendo naquele continente. Na França, em apenas 1 dia, foram registrados mais de 10 mil casos de infecção (CAPOMACCIO, 2020).


Diante do que está acontecendo com vários países da Europa (Itália, França, Espanha e Reino Unido), que estão retomando as medidas de proteção e minimização em relação a infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, o Comitê Científico do Nordeste está sugerindo aos governos estaduais:


> Implantação em todos os aeroportos internacionais "estandes sanitários, com equipes de saúde munidas de panfletos informativos, equipamentos de aferição de temperatura e kits de testagem rápida", para serem distribuídos e utilizados em passageiros que cheguem do exterior.


Em relação aos procedimentos que devem ser colocados em prática em território nordestino, para que se tenha a real dimensão e controle de uma possível onda da COVID-19, o Comitê Científico do NE, considera:


i) Não existem evidências científicas, baseadas em dados oriundos das Secretarias Estaduais de Saúde - SES, que demonstrem a tendência de redução dos caos de infecção;


ii) As SES devem enviar os números reais de casos de infecção e óbitos assim que ocorrem;


iii) Abertura de escolas para crianças de forma irrestrita é um erro grave, pois as crianças possuem alta probabilidade de serem infectadas e são potenciais transmissores do coronavírus SARS-CoV-2.


Diante do exposto, é necessário que a população tenha acesso as informações que tenham origem em estudos científicos e, continuem a manter as orientações principais (OMS, 2020), no que se refere a higiene (lavar as mãos com água e sabão; usar álcool gel quando precisar sair; lavar os alimentos oriundos de feira e mercados com água sanitária diluída em água), e manter o isolamento e/ou distanciamento social.




[1] Docente do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da UNEB/DEDC/Campus VIII. Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0838920937933125




REFERÊNCIA


CAPOMACCIO, Sandra. Segunda onda de covid-19 na Europa preocupa OMS. 20/09/2020. Disponível em: https://jornal.usp.br/atualidades/segunda-onda-de-covid-19-na-europa-preocupa-oms/


CCN - Comitê Científico do Nordeste. Disponível em: https://www.comitecientifico-ne.com.br/c4ne


CONSÓRCIO NORDESTE. Boletim 12. 22/10/2020. Disponível em: https://drive.google.com/file/d/1ruiChwvMwr4EnwIod8LkCjknPLwfnXG3/view



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo